Como será o airbag de joelho desenvolvido pela ZF?

Como será o airbag de joelho desenvolvido pela ZF?

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

A ZF desenvolveu um módulos de airbag de joelho com revestimento de tecido. O protótipo está pronto para a produção em escala e são os mais leves da indústria automotiva e ajudam a melhorar a segurança dos ocupantes dos veículos.

O lançamento do novo módulo está previsto para 2019 para um importante fabricante europeu de veículos. O novo airbag será até 30% mais leve do que um airbag de joelho de metal tradicional, e aumentará a proteção dos ocupantes em caso de acidente.

Como o airbag de joelho irá funcionar?

De acordo com o vice-presidente sênior da Occupant Safety Systems Engineering (Engenharia de Sistemas de Segurança dos Ocupantes) da ZF Friedrichshafen AG, Norbert Kagerer, “o novo airbag de joelho com revestimento de tecido auxiliará em uma série de tendências industriais.

O peso reduzido leva a uma maior eficiência na economia de combustível e na redução de emissões, enquanto que o tamanho menor e mais flexível ajudará a atender às novas exigências de design de interiores e também de segurança para veículos elétricos e autônomos do futuro”, acrescenta o executivo.

O que falta ser desenvolvido?

O novo airbag de joelho será produzido utilizando um novo processo de fabricação que permite configurações mais precisas de instalação dos módulos, melhorando sua qualidade e desempenho. O design da estrutura de tecido será configurável para todos os mercados e linhas de veículos leves.

Fonte: omecanico.com.br Acessado e modificado em 06 de abril de2018 ” ZF desenvolve módulo de airbag de joelho mais leve da indústria automotiva “

inscreva-se no youtube

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

É seguro usar AirBag

É seguro usar AirBag

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

airbags que conhecemos, foi inventado em meados de 1940 durante a 2ª Guerra Mundial para a proteção dos pilotos americanos, de lá para cá, foi sendo aperfeiçoado e já evitou muitas mortes, mesmo assim, ultimamente vem sendo alvo de discussões, então, até que ponto é seguro usar airbags?

Os primeiros airbags foram instalados em veículos nos anos 60, e foi sempre considerado o item essencial capaz de salvar vidas, todavia após o relato de acidentes onde os ocupantes vieram a falecer mesmo após seu acionamento, muita gente acredita que não oferece tanta segurança assim, e em alguns casos, pode oferecer perigo.

Como a polêmica foi levantada, vale esclarecer que o airbags pode se tornar perigoso desde que não seja seguida algumas regras para a utilização correta, tais como:

  • Mesmo que o veículo seja munido de airbags, o cinto de segurança é ainda, obrigatório para a segurança de todos;
  • O melhor airbags é de 2 tempos, assim, quando for inflado, a violência do impacto em cima do ocupante do veículo é menor, diminuindo risco de lesões;
  • Evite dirigir o carro que tem airbags frontal com distância menor de 25 cm da direção;
  • Observe que o centro da direção do veículo deve apontar para o peito do motorista, nunca para pescoço e rosto;
  • Gestantes podem dirigir carros com airbags, desde que utilizem corretamente o cinto, sempre na altura dos quadris, além de colocar o banco o mais distante possível da direção, mesmo assim, precisa estar em contato com o volante e pedais, embora, a proximidade do útero gravídico com o airbags aumente o risco de lesões fetais;
  • O uso correto do cinto de segurança protege 65% mais que o airbags caso utilizado sozinho, mas, em conjunto pode evitar a morte em até 68%;

Verdade seja dita, é o cinto de segurança que consegue salvar vidas, e o airbags seria a 2ª opção em caso de acidentes, por isso, merece muita atenção, principalmente quando já ocorreu algum acidente embora nada grave, é aconselhado que o cinto seja substituído por um novo, inclusive, mesmo sem acidentes, procure notar se não está usado demais.

Quanto a pergunta se é seguro usar airbags, houve relatos que enquanto equipes de bombeiros, e socorristas estavam dentro do veículo ajudando alguma pessoa presa nas ferragens, quando os airbags acionaram, e caso isso aconteça pode machucar e até matar quem estiver dentro do carro!

Os modelos de veículos que tem airbags de impacto lateral mesmo oferecendo mais segurança, dificultam as equipes de resgate quando há necessidade de uso do alicate hidráulico ou outra ferramenta de corte para a remoção do teto ou das portas do carro com segurança, por esse motivo, a equipe é treinada para desativar os airbags primeiro com segurança devido ao risco eminente.

Na dúvida, uma boa saída é remover a bateria do carro, assim, não tem como o airbags funcionar.

A 1ª morte causada pelo airbags aconteceu em 1990, mas, somente em 1997 houve relato de 53 mortes somente nos Estados Unidos, e em 1994 a empresa TRW produziu o primeiro airbags inflado por gás com sensores.

No ano de 2005 foi a vez dos airbags de profundidade dupla para carros de passeio serem idealizados, embora o índice de mortalidade devido aos airbags tivessem caído naquele ano sem a morte de adultos, somente de duas crianças, mesmo após tanto tempo, ainda hoje, é comum passageiros sofrerem lesões devido ao airbags durante acidentes.

Como tornar o airbags mais seguro

  • Para os motoristas que tem carros com airbags e são fumantes, um aviso, jamais fume enquanto estiver dirigindo, mesmo porque é uma infração média e quatro pontos na carteira, além disso, em caso de colisão mesmo que moderada e atingir o cigarro enquanto estiver na boca, 99% de chances de causar a morte;
  • Airbags foi feito para adultos e não podem ser utilizado quando crianças estiverem sentadas na frente, já que serve para absorver o impacto na altura do peito, e nas crianças atingiria o rosto, e pode lesionar devido a pancada, ou sufocar, por isso, crianças só no banco de trás;
  • No caso de crianças maiores de 10 anos que podem sentar no banco da frente, é aconselhável que sentem sobre um assento mais alto, mesmo assim, sempre com o airbags desabilitado;

Airbags, assim, como o cinto de segurança, são itens que merecem atenção e cuidados do motorista para a segurança dos passageiros!

inscreva-se no youtube

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.