Quando um Acidente de Moto da perda Total?

Quando um Acidente de Moto da perda Total?

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Sempre que se fala em motocicleta assegurada, pode dar a falsa sensação de tranquilidade. Isto, porque, quando acontece um acidente mais grave, desde que não envolva óbito é claro, o motociclista pode pensar que vai ficar no lucro! Que a seguradora vai dar outra moto novinha! Só que não é bem assim! Na realidade, é feito uma verificação em cima do acidente que pode frustrar muita gente! Por isso, é bom estar bom por dentro do assunto, para saber quando um acidente de moto dá perda total realmente!

Esse critério para perda total o conhecido PT., é válido também para os carros. Confiram:

O critério para dar PT deve constar nas cláusulas contratuais na parte Condições Gerais da documentação do seguro da moto. Geralmente a mais comum, é o “critério dos 75%”, que significa que no caso dos danos ocasionados no acidente forem iguais ou superiores a 75% do valor da moto, deverá ser considerado perda total!

Quando é considerado que a moto atingiu 75% em danos

• Todo veículo segurado que sofre o sinistro deve ser levado a oficina conveniada para um orçamento do reparo e, da troca necessárias de peças;

• Quando o assegurado leva na oficina de sua escolha já é mais complicado. O orçamento feito é enviado para a seguradora analisar e aprovar;

• Caso após a análise seja aprovado, o valor do orçamento é comparado com o valor da moto na tabela FIPE;

• Caso o orçamento da oficina represente 75% ou mais da Tabela FIPE do mês, será considerado perda total com indenização integral;

moto atingiu 75 porcento de dano

Veja um exemplo para entender melhor:

• Houve uma colisão entre moto e carro. O seguro do motorista do carro foi acionado e, o guincho removeu ambos para oficina de escolha do segurado;

• Nesta oficina, o orçamento de reparo da moto ficou em R$ 10.000,00. A seguradora avaliou e, aprovou este orçamento;

• Conforme consulta na tabela FIPE o valor da moto está em R$ 25.000,00;

• Então, é feito a conta de 10.000 dividido por 25.000. O resultado é 40%. Infelizmente nesse caso, como 40% é menor que 75%, não é considerado perda total e, sim perda parcial. Dessa maneira a moto pode ser reparada mediante pagamento da franquia obrigatória;

Todo contrato de seguro é feito com 75%?

• Normalmente as seguradoras que respeitam a norma da Susep, trabalham com 75%, mas, existem seguradoras que trabalham com critérios diferentes. De qualquer forma, não pode ser superior a 75%, ou seja, a seguradora poderá trabalhar com critérios menores que 75%, mas nunca superiores conforme Circular SUSEP nº 269.

contrato de seguro e feito com 75 porcento de dano

Diferença em ser atendido como terceiro e não segurado

• Quando o proprietário da moto que sofreu o sinistro for atendido por meio do seguro do outro carro envolvido no acidente, é considerado como terceiro e, não como segurado. Esse fato é importante pois o contrato de seguro (apólice) é feito entre segurado e seguradora e, portanto, as cláusulas contratuais valem somente entre essas partes.

• Quer dizer que o critério de 75% é uma cláusula entre segurado e seguradora, não sendo obrigatoriamente extensivo a terceiros. Essa cláusula refere-se a cobertura de terceiros a qual garante apenas que a seguradora cobrirá danos materiais causados pelo segurado, desde que ele tenha sido causador e, assuma a culpa. Não estabelece regras sobre o percentual de critério para perda total.

• Por essa razão o critério de 75% não é válido para terceiros. A seguradora e, o terceiro, podem entrar num acordo que agrade ambos os lados.

• Inclusive, quando acontecem casos como esses, a seguradora pode propor perda total para danos abaixo de 75%. Assim, será o proprietário/ terceiro é que vai dizer se se aceita ou não.

• Não é permitido usar critérios superiores a 75% de danos para perda total mesmo de terceiros. É considerado prática abusiva, podendo denunciar na SUSEP.

atendido como terceiro e não segurado

Qual o valor da indenização integral

• O valor da indenização integral quando dá perda total, é conforme o percentual contratado da Tabela FIPE. Caso tenha sido contratado 100%, recebe o valor integral da Tabela FIPE no mês da liberação do pagamento. Se tiver contratado 90%, receberá este percentual sobre a Tabela FIPE.

• Caso tenha sido contratado um valor fixo e não percentual da Tabela FIPE, será pago o valor fixo estipulado na apólice, ou seja, o valor de cobertura combinado.

Vale esclarecer que não há cobranças de franquias quando a moto dá perda total!

youtube logo 2e4rodas

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

É seguro usar AirBag

É seguro usar AirBag

O airbags que conhecemos, foi inventado em meados de 1940 durante a 2ª Guerra Mundial para a proteção dos pilotos americanos, de lá para cá, foi sendo aperfeiçoado e já evitou muitas mortes, mesmo assim, ultimamente vem sendo alvo de discussões, então, até que ponto é seguro usar airbags?

Os primeiros airbags foram instalados em veículos nos anos 60, e foi sempre considerado o item essencial capaz de salvar vidas, todavia após o relato de acidentes onde os ocupantes vieram a falecer mesmo após seu acionamento, muita gente acredita que não oferece tanta segurança assim, e em alguns casos, pode oferecer perigo.

Como a polêmica foi levantada, vale esclarecer que o airbags pode se tornar perigoso desde que não seja seguida algumas regras para a utilização correta, tais como:

  • Mesmo que o veículo seja munido de airbags, o cinto de segurança é ainda, obrigatório para a segurança de todos;
  • O melhor airbags é de 2 tempos, assim, quando for inflado, a violência do impacto em cima do ocupante do veículo é menor, diminuindo risco de lesões;
  • Evite dirigir o carro que tem airbags frontal com distância menor de 25 cm da direção;
  • Observe que o centro da direção do veículo deve apontar para o peito do motorista, nunca para pescoço e rosto;
  • Gestantes podem dirigir carros com airbags, desde que utilizem corretamente o cinto, sempre na altura dos quadris, além de colocar o banco o mais distante possível da direção, mesmo assim, precisa estar em contato com o volante e pedais, embora, a proximidade do útero gravídico com o airbags aumente o risco de lesões fetais;
  • O uso correto do cinto de segurança protege 65% mais que o airbags caso utilizado sozinho, mas, em conjunto pode evitar a morte em até 68%;

Verdade seja dita, é o cinto de segurança que consegue salvar vidas, e o airbags seria a 2ª opção em caso de acidentes, por isso, merece muita atenção, principalmente quando já ocorreu algum acidente embora nada grave, é aconselhado que o cinto seja substituído por um novo, inclusive, mesmo sem acidentes, procure notar se não está usado demais.

Quanto a pergunta se é seguro usar airbags, houve relatos que enquanto equipes de bombeiros, e socorristas estavam dentro do veículo ajudando alguma pessoa presa nas ferragens, quando os airbags acionaram, e caso isso aconteça pode machucar e até matar quem estiver dentro do carro!

Os modelos de veículos que tem airbags de impacto lateral mesmo oferecendo mais segurança, dificultam as equipes de resgate quando há necessidade de uso do alicate hidráulico ou outra ferramenta de corte para a remoção do teto ou das portas do carro com segurança, por esse motivo, a equipe é treinada para desativar os airbags primeiro com segurança devido ao risco eminente.

Na dúvida, uma boa saída é remover a bateria do carro, assim, não tem como o airbags funcionar.

A 1ª morte causada pelo airbags aconteceu em 1990, mas, somente em 1997 houve relato de 53 mortes somente nos Estados Unidos, e em 1994 a empresa TRW produziu o primeiro airbags inflado por gás com sensores.

No ano de 2005 foi a vez dos airbags de profundidade dupla para carros de passeio serem idealizados, embora o índice de mortalidade devido aos airbags tivessem caído naquele ano sem a morte de adultos, somente de duas crianças, mesmo após tanto tempo, ainda hoje, é comum passageiros sofrerem lesões devido ao airbags durante acidentes.

Como tornar o airbags mais seguro

  • Para os motoristas que tem carros com airbags e são fumantes, um aviso, jamais fume enquanto estiver dirigindo, mesmo porque é uma infração média e quatro pontos na carteira, além disso, em caso de colisão mesmo que moderada e atingir o cigarro enquanto estiver na boca, 99% de chances de causar a morte;
  • Airbags foi feito para adultos e não podem ser utilizado quando crianças estiverem sentadas na frente, já que serve para absorver o impacto na altura do peito, e nas crianças atingiria o rosto, e pode lesionar devido a pancada, ou sufocar, por isso, crianças só no banco de trás;
  • No caso de crianças maiores de 10 anos que podem sentar no banco da frente, é aconselhável que sentem sobre um assento mais alto, mesmo assim, sempre com o airbags desabilitado;

Airbags, assim, como o cinto de segurança, são itens que merecem atenção e cuidados do motorista para a segurança dos passageiros!

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

Publicações Recentes

Conheça a ANFAVEA

Conheça a ANFAVEA

Fundada em 15 de maio de 1956, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) é a entidade que reúne as empresas…

ler mais
Top 10 falhas nos Pit Stop

Top 10 falhas nos Pit Stop

Com certeza você já viu um corrida de fórmula 1, gostando ou não, você já deu uma olhadinha para ver quem está em primeiro, e uma vez com certeza você a parada no pit stop, o nível  do profissionalismo e da agilidade é de impressionar qualquer um e não para menos, afinal o investimento q cada equipe coloca chegar arrepiar os cabelo dos carecas.
Com três pessoas por roda, dois operadores por pistola de ar e vários outros mecânicos ocupados com outras tarefas, cada pit-crew contém pelo menos 20 pessoas. Cada um é treinado para um papel específico e as equipes levam esta preparação tão ao sério quanto seus pilotos, designando até um programa físico e uma dieta especial para cada um dos mecânicos.

Mas nem sempre sai como planejado a seguir veja o vídeo com as maiores falhas que aconteceram nos Pit Stop:

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado. Com novidades em equipamentos automotivos, segurança e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.
Guincho Hidráulico “Girafa”

Guincho Hidráulico “Girafa”

Antes de comprar, observe o piso do seu estabelecimento, e solicite a indicação mais adequada de roda para o seu guincho. Guincho Hidráulico foi projetado para elevar diversos tipos de cargas, sua estrutura é leve e resistente, facilitando a...

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Com certeza você já viu um corrida de fórmula 1, gostando ou não, você já deu uma olhadinha para ver quem está em primeiro, e uma vez com certeza você a parada no pit stop, o nível  do profissionalismo e da agilidade é de impressionar qualquer um e não para menos, afinal o investimento q cada equipe coloca chegar arrepiar os cabelo dos carecas.
Com três pessoas por roda, dois operadores por pistola de ar e vários outros mecânicos ocupados com outras tarefas, cada pit-crew contém pelo menos 20 pessoas. Cada um é treinado para um papel específico e as equipes levam esta preparação tão ao sério quanto seus pilotos, designando até um programa físico e uma dieta especial para cada um dos mecânicos.

Mas nem sempre sai como planejado a seguir veja o vídeo com as maiores falhas que aconteceram nos Pit Stop:

Veja nossos vídeos em nosso Canal 2e4 Rodas

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado.
Com novidades em equipamentos automotivos, segurança,
diversão e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Guincho Hidráulico “Girafa”

Guincho Hidráulico “Girafa”

Antes de comprar, observe o piso do seu estabelecimento, e solicite a indicação mais adequada de roda para o seu guincho. Guincho Hidráulico foi projetado para elevar diversos tipos de cargas, sua estrutura é leve e resistente, facilitando a...

Qual a Melhor Desmontadora de Pneus?

Qual a Melhor Desmontadora de Pneus?

Melhor Desmontadora de Pneus. Desmontadora de Pneus é aquela que possui a força necessário para o tamanho e peso do pneu que será desmontado.

teste de blocos getwid

teste de blocos getwid

Element #1 Element #2 Água BrancaALAnadiaALArapiracaALAtalaiaALBarra de Santo AntônioALBarra de São MiguelALBatalhaALBelémALBelo MonteALBoca da MataALBranquinhaALCacimbinhasALCajueiroALCampestreALCampo AlegreALCampo GrandeALCanapiALCapelaALCarneirosALChã PretaALCoité...

Como é e como irá funcionar a logística Reversa?

Como é e como irá funcionar a logística Reversa?

Entre outros princípios e instrumentos introduzidos pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. E seu regulamento, Decreto Nº 7.404 de 23 de dezembro de 2010. Destacam-se a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida...

O que  é CRLV?

O que é CRLV?

CRLV, é o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, ou seja, é um documento que cada proprietário de veículo automotivo deve ..

Cadeirinha de bebê: Como Instalar?

Cadeirinha de bebê: Como Instalar?

Dirigir com responsabilidade é o mesmo que dizer que todo motorista é responsável em transportar cada um de seus passageiros, principalmente

É fácil dirigir na neblina?

É fácil dirigir na neblina?

Não! Dirigir na neblina pode ser bem difícil, mesmo para motoristas experientes, dependendo da intensidade e do horário! Para motoristas …

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Top 10 falhas nos Pit Stop

Top 10 falhas nos Pit Stop

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Com certeza você já viu um corrida de fórmula 1, gostando ou não, você já deu uma olhadinha para ver quem está em primeiro, e uma vez com certeza você a parada no pit stop, o nível  do profissionalismo e da agilidade é de impressionar qualquer um e não para menos, afinal o investimento q cada equipe coloca chegar arrepiar os cabelo dos carecas.
Com três pessoas por roda, dois operadores por pistola de ar e vários outros mecânicos ocupados com outras tarefas, cada pit-crew contém pelo menos 20 pessoas. Cada um é treinado para um papel específico e as equipes levam esta preparação tão ao sério quanto seus pilotos, designando até um programa físico e uma dieta especial para cada um dos mecânicos.

Mas nem sempre sai como planejado a seguir veja o vídeo com as maiores falhas que aconteceram nos Pit Stop:

inscreva-se no youtube

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

ACIDENTES : Teste de impacto no reboque (Carro x Caminhão)

ACIDENTES : Teste de impacto no reboque (Carro x Caminhão)

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Os semi-reboques modernos fazem na maior parte um bom trabalho de manter os veículos de passageiro de deslizamento debaixo deles, aumentando extremamente as possibilidades de sobreviver a um impacto na parte traseira de um caminhão grande.

Mas em acidentes envolvendo apenas uma pequena porção da traseira do caminhão, a maioria dos reboques não conseguem evitar impactos potencialmente mortíferos.