link as = "script" href = "https://cdn.ampproject.org/v0.js" rel= "preload"
phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Corrente da Moto

Quaisquer componentes da moto, assim, como a corrente podem apresentar uma vida útil prolongada, bem próxima daquela informada pelo fabricante, claro que a necessidade de trocar a corrente da moto vai depender bastante da maneira como a moto é pilotada!

Para evitar este tipo problema mais comum que se imagina, a melhor prevenção é fazer uma lubrificação constante e adequada na corrente da moto sem esquecer do conjunto de transmissão secundária, que nada mais é que a coroa e o pinhão.

Pensar que as vezes a falta de um spray lubrificante específico para ser utilizado na corrente da moto, pode evitar gastos e horas perdidas na oficina mecânica!

Importância do spray lubrificante correto

• Tem pilotos que por falta de conhecimento, ou por economia, lubrificam partes da moto com óleo de motor, o pior de tudo usado;

• As consequências são muitas, desde manchas de óleo nas roupas pois este óleo não vai aderir nas peças, e com a força centrífuga vai espirrar para todos os lados, inclusive sujando a moto, além de não cumprir o objetivo que é manter a corrente lubrificada e macia;

• Sem falar na agressão ao meio ambiente, pela reutilização do óleo queimado de motor;

Transmissão secundária duradoura

• A melhor maneira para prolongar a vida útil da transmissão secundária, é ficar atento a corrente mantendo-a na tensão correta, ou seja, nem esticada nem frouxa demais, outra atitude simples que também faz toda a diferença;

Sempre é interessante esclarecer que as vezes embora esteja mantendo a corrente da moto sempre lubrificada, chega um momento em que é preciso trocá-la, o ideal é que não demore para fazer a substituição, senão o prejuízo será maior.

trocar corrente da moto

O momento certo para a troca da corrente da moto

• Corrente bem lubrificada é sinônimo de durabilidade, mesmo assim, com o passar do tempo o desgaste é inevitável, já que o pó, detritos nas estradas, lama e água da chuva só aceleram o problema, por isso, uma dica para amenizar o problema é lavar a moto em dias chuvosos;

Outros problemas

• Motociclistas que continuam andando com a moto sabendo que precisa trocar a corrente da moto, podem amargar prejuízos maiores devido a corrente ficar mais longa, isso provoca desgaste nos outros componentes da transmissão, como o cassete e as coroas.

Corrente x 1000 km?

• Algumas oficinas mecânicas especializadas em consertos de motos afirmam que a corrente da moto, caso não tenha apresentado nenhum problema justamente por estar sempre lubrificada, deve procurar trocar a corrente da moto mesmo assim, a cada 1000 km, na dúvida, a informação do fabricante da peça pode ser consultado.

Corrente da moto alongada

• Vale esclarecer que o alongamento da corrente da moto, ocorre devido ao desgaste dos pinos podendo trazer danos aos componentes da transmissão, por isso, é necessário ficar de olho na manutenção preventiva, já que é uma peça importante que transmite o giro do motor a roda traseira.

corrente gasta

Qual o momento de trocar a corrente

• Quando a moto está fazendo barulhos estranhos fica mais fácil saber que algo não anda bem, mesmo assim, tem umas dicas que ajudam a identificar o problema.

Observe a corrente

• Muitas vezes o problema está na cara, basta que dê uma boa olhada para notar que está retorcida, esticada demais, ou os dentes da corrente estão mastigados, pois, é sinal de desgaste;

Economize na troca

• É importante frisar que alguns mecânicos informam que junto com a troca da corrente é necessário também fazer a substituição do kit de arranque completo;

• O ideal é que seja substituído 2 vezes a corrente, para 1 vez o kit completo, mas, isso, dependendo do tamanho do desgaste é claro;

O que fazer com corrente alongada

• Sempre que a corrente da moto está alongada, alguns motociclistas optam em mandar cortá-la;

• Esta é uma prática nada recomendável, que além de não prolongar a vida útil da peça, traz risco a segurança do piloto já que pode arrebentar a qualquer momento;

A 1ª troca da corrente geralmente é feita a partir dos 20.000 quilômetros, ou, conforme orientações no manual do proprietário, caso seja bem cuidada, seja na maneira de pilotar como nas manutenções preventivas!

Esses cuidados ajudam a prolongar a vida útil da corrente como de toda motocicleta.

mecânico de moto mexendo na corrente
youtube logo 2e4rodas

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.