Escolha uma Página

A economia que teve uma queda no país nos últimos dois anos,mas está em franca recuperação .Estão chegando novas montadoras de caminhões no Brasil.

A confiança vem ganhando terreno quanto a estabilização e recuperação da economia no país. Isto está trazendo investimentos com a chegada de novas montadoras de caminhões no Brasil que vem fechando negócios desde o 1 º trimestre. Como a Volvo, a Mercedes-Benz, além de mais cinco montadoras, representando um total de R$ 15 bilhões.

Somente a Mercedes-Benz pretende investir R$ 2,4 bilhões no País entre 2018 e 2022. Para modernizar suas fábricas de caminhões e ônibus localizadas em São Bernardo do Campo (SP) e em Juiz de Fora (MG). Com o objetivo de deixar mais competitivos também no mercado internacional. Além de aprimorar os veículos comerciais e da expansão de novos produtos, tecnologias, serviços e conectividade.

Este incentivo é justamente para que a empresa sinta-se preparada para atender os pedidos de todos os clientes. Promovendo a rentabilidade dos negócios com produtos atualizados conforme a realidade do transporte. Com fábricas mais modernas que ofereçam maior competitividade, tecnologia e conectividade de última geração.

A Mercedes-Benz para a atingir o objetivo que é a modernização de suas fábricas. já está investindo R$ 730 milhões, sendo R$ 500 milhões para a fábrica localizada em São Bernardo do Campo e R$ 230 milhões na fábrica localizada em Juiz de Fora (MG).

Todo esse investimento está sendo aplicado para seguir as tendências do transporte moderno. Assim, como atender aos pedidos dos clientes durante os próximos anos, aliás. Outros 70 milhões de reais, serão aplicados para construir o Campo de Provas de caminhões e ônibus que será o maior e mais completo do Hemisfério Sul. Localizado na cidade de Iracemápolis (SP), cuja inauguração está prevista até final de Junho/2018.

Quais são outras montadoras que estão investindo no Brasil

Além do investimento informado pela Mercedes-Benz. Outras novas montadoras de caminhões no Brasil também estão se pronunciando:

  • GM, R$ 4,5 bilhões aplicados nas fábricas de São Caetano, Joinville e Gravataí;
  • Volkswagen, R$ 2,6 bilhões aplicados em São Bernardo do Campo;
  • Scania, também R$ 2,6 bilhões aplicados também em São Bernardo;
  • Toyota, R$ 1 bilhão aplicado em Sorocaba (SP);
  • Volvo, também R$ 1 bilhão aplicado em Curitiba (PR);
  • Renault, R$ 750 milhões aplicados em Curitiba (PR);
  • MAN, R$ 190 milhões aplicados em Resende (RJ);

Qual o motivo das empresas construir novas montadoras no Brasil?

É interessante frisar que algumas dessas montadoras que estão se firmando no país. Não obtiveram um ano satisfatório em relação aos volumes de produção e vendas 2016/2017. Mesmo assim, estão confiantes que a economia do Brasil estará mais fortalecida a partir de 2018.

Isto significa que essas empresas, assim, como de outros segmentos. Estão somente a espera da recuperação do mercado brasileiro. E que mesmo que caminhe a passos lentos e com volumes abaixo do esperado em vendas.

Ainda acreditam que vale a pena investir, já que existe potencial forte para futuros negócios de veículos comerciais. E por isso, já estão plantando os objetivos comerciais no Brasil desde já.

O Brasil tem futuro. Acredite nele.

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado. Com novidades em equipamentos automotivos, segurança e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

A economia que teve uma queda no país nos últimos dois anos,mas está em franca recuperação .Estão chegando novas montadoras de caminhões no Brasil.

A confiança vem ganhando terreno quanto a estabilização e recuperação da economia no país. Isto está trazendo investimentos com a chegada de novas montadoras de caminhões no Brasil que vem fechando negócios desde o 1 º trimestre. Como a Volvo, a Mercedes-Benz, além de mais cinco montadoras, representando um total de R$ 15 bilhões.

Somente a Mercedes-Benz pretende investir R$ 2,4 bilhões no País entre 2018 e 2022. Para modernizar suas fábricas de caminhões e ônibus localizadas em São Bernardo do Campo (SP) e em Juiz de Fora (MG). Com o objetivo de deixar mais competitivos também no mercado internacional. Além de aprimorar os veículos comerciais e da expansão de novos produtos, tecnologias, serviços e conectividade.

Este incentivo é justamente para que a empresa sinta-se preparada para atender os pedidos de todos os clientes. Promovendo a rentabilidade dos negócios com produtos atualizados conforme a realidade do transporte. Com fábricas mais modernas que ofereçam maior competitividade, tecnologia e conectividade de última geração.

A Mercedes-Benz para a atingir o objetivo que é a modernização de suas fábricas. já está investindo R$ 730 milhões, sendo R$ 500 milhões para a fábrica localizada em São Bernardo do Campo e R$ 230 milhões na fábrica localizada em Juiz de Fora (MG).

Todo esse investimento está sendo aplicado para seguir as tendências do transporte moderno. Assim, como atender aos pedidos dos clientes durante os próximos anos, aliás. Outros 70 milhões de reais, serão aplicados para construir o Campo de Provas de caminhões e ônibus que será o maior e mais completo do Hemisfério Sul. Localizado na cidade de Iracemápolis (SP), cuja inauguração está prevista até final de Junho/2018.

Quais são outras montadoras que estão investindo no Brasil

Além do investimento informado pela Mercedes-Benz. Outras novas montadoras de caminhões no Brasil também estão se pronunciando:

  • GM, R$ 4,5 bilhões aplicados nas fábricas de São Caetano, Joinville e Gravataí;
  • Volkswagen, R$ 2,6 bilhões aplicados em São Bernardo do Campo;
  • Scania, também R$ 2,6 bilhões aplicados também em São Bernardo;
  • Toyota, R$ 1 bilhão aplicado em Sorocaba (SP);
  • Volvo, também R$ 1 bilhão aplicado em Curitiba (PR);
  • Renault, R$ 750 milhões aplicados em Curitiba (PR);
  • MAN, R$ 190 milhões aplicados em Resende (RJ);

Qual o motivo das empresas construir novas montadoras no Brasil?

É interessante frisar que algumas dessas montadoras que estão se firmando no país. Não obtiveram um ano satisfatório em relação aos volumes de produção e vendas 2016/2017. Mesmo assim, estão confiantes que a economia do Brasil estará mais fortalecida a partir de 2018.

Isto significa que essas empresas, assim, como de outros segmentos. Estão somente a espera da recuperação do mercado brasileiro. E que mesmo que caminhe a passos lentos e com volumes abaixo do esperado em vendas.

Ainda acreditam que vale a pena investir, já que existe potencial forte para futuros negócios de veículos comerciais. E por isso, já estão plantando os objetivos comerciais no Brasil desde já.

O Brasil tem futuro. Acredite nele.

Veja nossos vídeos em nosso Canal 2e4 Rodas

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado.
Com novidades em equipamentos automotivos, segurança,
diversão e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Existem diferenças entre motor turbo e aspirado?

Existem diferenças entre motor turbo e aspirado?

É preciso entender as diferenças entre motor turbo e aspirado, explorar os aspectos, desvantagens e, vantagens, assim, pode escolher um veículo perfeito para compra. Existem diferenças entre motor turbo e aspirado?

Conheça a ANFAVEA

Conheça a ANFAVEA

Fundada em 15 de maio de 1956, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) é a entidade que reúne as empresas…

A história dos elevadores

A história dos elevadores

Já parou para pensar na importância do elevador nos dias de hoje? Subir e descer pelas escadas, sem dúvida, ainda, é a melhor maneira para…

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Pin It on Pinterest

Share This