link as = "script" href = "https://cdn.ampproject.org/v0.js" rel= "preload"
phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Embora pareça um procedimento simples, instalar uma embreagem requer atenção do mecânico. “Existem uma série de detalhes na aplicação que fazem toda a diferença na segurança e no correto funcionamento. Como o torque dos parafusos, que devem ser apertados de maneira alternada. Por exemplo”, explica o técnico da Taranto, Rafael Oliveira.

Como fazer a instalação de embreagem

1° Passo

Antes da substituição do kit de embreagem. É necessário efetuar a retirada do volante do motor para avaliar se o mesmo possui imperfeições como marcas de superaquecimento ou trincas. Também é necessário verificar a planicidade. E se necessário efetuar a usinagem do mesmo, por uma retifica especializada respeitando a tolerância indicada pelo fabricante. Caso ultrapasse o limite mínimo substitui-lo.

2° Passo

Verificar o garfo de embreagem quanto ao desgaste. E caso necessário substituí-lo. No caso dos atuadores substitui-los. Com o conjunto de embreagem.

3° Passo

Nos veículos que utilizam rolamento de embreagem é necessário verificar o guia do rolamento e substituir caso necessário.

4° Passo

Para evitar o empenamento do platô de embreagem no momento da montagem, pode-se efetuar o seguinte procedimento: Na prensa acionar o platô de embreagem e colocar uma mangueira ou um cabo de vela entre as “linguetas” e a carcaça para mantê-lo “desarmado”. Após esse procedimento efetuar a montagem do conjunto platô e disco ao volante do motor. Lembrando de utilizar a ferramenta especifica para centralização do disco. Posterior ao torque dos parafusos que fixam o platô. Facilmente é possível remover a mangueira ou cabo de vela.

Caso não seja possível efetuar o procedimento acima. Pode-se efetuar a montagem do conjunto torqueando os parafusos de fixação do platô de embreagem ao volante do motor aos poucos e alternando a sequência de aperto. Para que não ocorra o empenamento das “linguetas”, não esquecendo da centralização do disco.

5° Passo

Caso a caixa de câmbio possua vazamentos no eixo piloto. Sana-los antes da montagem da mesma. Para que o conjunto de embreagem não seja contaminado e evite falhas posteriores.

Fonte: omecanico.com.br. Acessado em 26/02/2018 ” Taranto dá dicas para instalação de embreagens ”

inscreva-se no youtube

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.