link as = "script" href = "https://cdn.ampproject.org/v0.js" rel= "preload"
phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320 (PEÇAS)

Pilotar usando o capacete com viseira de forma adequada é essencial a segurança do piloto, desde que tenha a etiqueta de certificação do INMETRO.

O que o Código de Trânsito Brasileiro diz

Conforme disposto no inciso I dos artigos 54 e 55, e os incisos I e II do artigo 244 do Código de Trânsito Brasileiro, disposto na Resolução 203 de 29 de Setembro de 2006, no Brasil é obrigatório o uso do capacete com viseira para trafegar nas vias públicas piloto e carona, não apenas de motocicletas, como também motonetas, ciclomotores, triciclos motorizados e quadriciclos motorizados;

Qual a maneira certa de usar o capacete?

Para não receber multas, o piloto precisa estar sempre com o capacete na cabeça devidamente afivelado pela cinta jugular e preso embaixo do maxilar inferior.

É importante estar atento na hora da compra, pois é necessário que seja certificado pelo INMETRO, Instituto Nacional de Metrologia, ou seja, tenha um selo de identificação, ou uma etiqueta interna, caso contrário será multado.

Capacete e viseira, qual sua importância?

O piloto e o carona em quaisquer dos veículos mencionados acima, precisam utilizar um capacete que tenha viseira, ou, óculos de proteção;

Não são aceitos óculos de grau ou de sol como substitutos a viseira. Para trafegar a noite a viseira deve ser de cristal transparente, sem película escura, senão, dá multa. A viseira só pode estar levantada enquanto a moto estiver parada no semáforo, e deve ser baixada novamente antes de sair;

Qual o jeito certo de usar o capacete com viseira

Existem capacetes de todos os tipos, desde comuns até mais sofisticados, de qualquer maneira é preciso que seja experimentado antes de comprar. Veja como encontrar o ideal:

Coloque o capacete escolhido na cabeça e afivele. Não pode estar dançando, nem tão pouco apertando a cabeça. Vire a cabeça para os lados, para cima e para baixo, ele não pode se mexer.  Empurre a queixeira em direção ao seu rosto com a ponta dos dedos em um movimento rápido e com força.

Caso a queixeira tocar a ponta do seu queixo, este capacete pode vir a machucar seu maxilar facilmente, por isso, escolha outro e faça os testes novamente.

Fazer estes testes antes de adquirir o capacete é superimportante, visto que um estudo feito na Europa comprovou que 12% dos capacetes saem da cabeça durante as quedas, justamente por não se ajustarem perfeitamente nos pilotos envolvidos.

Mantenha o Capacete limpo

Lavar o capacete a cada 30 dias no verão, e cada 2 meses no inverno, faz parte da higiene pessoal sem perder a durabilidade de até 5 anos, basta ter outro de reserva, além de alguns cuidados. Confira:

Material necessário e passo a passo

3 baldes, água, sabão líquido de preferência com tira manchas

Encha um balde com água e sabão e coloque o capacete com a parte de traz no fundo do balde e a queixeira para cima;

Deixe de molho por 1 hora;

Caso tenha alguma mancha limpe com uma escova de dentes delicadamente;

Lave em água corrente;

Em outro balde coloque amaciante e água;

Deixe o capacete dentro por 15 minutos;

Escorra a água e apoie o capacete num local alto bem ventilado na sombra, com a queixeira apontada para o chão e a viseira aberta;

Deixe secar por completo por 3 ou 4 dias, por isso, é preciso ter outro capacete de reserva;

Depois de seco passe cera de carnaúba, espere secar para dar brilho com flanela;

Viseira ou óculos de proteção limpos

A viseira também merece atenção, principalmente quando insetos grudam nela, não passe pano seco, não lave só com água, nem passe papel para não riscar;

É preciso que seja lavada com uma esponja macia e detergente neutro;

Seque com pano de microfibra, em seguida passe uma camada fina de cera para proteger;

O mesmo pode ser feito com os óculos de proteção;

Com esses cuidados, óculos e viseira ficam impermeabilizados;

Quando trocar de capacete

O objetivo básico de um capacete é proteger a cabeça do piloto mesmo em quedas no asfalto, e quando for de excelente qualidade recebe o selo do INMETRO e pode suportar o peso da roda de um veículo passando por cima.

Portanto, quando o piloto já caiu da moto mesmo que não tenha sido nada sério, é hora de aposentar o capacete, pois, já cumpriu sua missão.

inscreva-se no youtube

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.