link as = "script" href = "https://cdn.ampproject.org/v0.js" rel= "preload"

Levar o carro anualmente para a revisão programada na concessionária, prolonga a vida útil do motor, do câmbio, e de todos outros componentes.

Já a manutenção semanal como verificar o nível de óleo, água, e calibragem nos pneus, também são necessários, mas, mesmo com todos esses cuidados, não significa que algumas peças não sejam desgastadas pelo tempo. 

Talvez algumas pessoas não saibam, que as vezes simples atitudes que costumam fazer com o veículo, acreditam que não prejudiquem em nada, e quando surgem defeitos repentinos decorrentes dessas atitudes, o prejuízo já está no orçamento.

desgaste em veículo,

Atitudes que causam desgastes no seu veículos

Indicaremos a seguir quais são essas atitudes e como podem comprometer a durabilidade do veículo, são as seguintes: 

1º ANDAR COM COMBUSTÍVEL NA RESERVA

Pode causar apagão no motor ou queimar a bomba de gasolina, além de acelerar o desgaste do motor.

2º DESCANSAR O PÉ EM CIMA DA EMBREAGEM 

Pode provocar desgaste no disco, platô, e rolamentos, inclusive pode afetar o volante do motor, o prejuízo seria maior ainda.

3º RASPAR OS PNEUS AO ENCOSTAR NA CALÇADA, OU, DEIXAR O CARRO ESTACIONADO COM O PNEU ESTERÇADO E APOIADO NA CALÇADA

Além de estragar a banda dos pneus, acaba desalinhando o veículo.

4º FICAR VIRANDO A DIREÇÃO ENQUANTO O VEÍCULO ESTÁ PARADO OU ATÉ MESMO AS RODAS TRAVADAS

Essa brincadeira de criança, acaba sobrecarregando o sistema hidráulico de direção, podendo causar vazamentos, e apresentar problemas na bomba hidráulica e na mangueira.

5º PASSAR EM LOMBADAS OU QUEBRA-MOLAS NA DIAGONAL

O movimento que o carro mais rebaixado é forçado a fazer, resulta no desalinhamento e ruídos excessivos, segundo especialistas, tem que passar com o carro reto e com cuidado para não raspar embaixo.

como diminuir os desgastes nas peças,

6°º ESTACIONAR O CARRO EM DESCIDAS, E DEIXAR O CARRO NO PONTO MORTO

Essa atitude, acaba sobrecarregando o sistema de freios, se estivesse engatado, o motor mesmo promove a ação do freio motor.

7º ATRAVESSAR LOCAIS ALAGADOS

Esse é um problema comum nos dias de chuva, mas, mesmo que a água não entre pelo escapamento, a água ocasiona o choque térmico, que pode provocar vibração no pedal, e danifica os discos de freios.

8º SAIR CANTANDO PNEU 

Além de ter um desperdício maior de combustível, provoca desgaste nos pneus, nos freios, coxins.

9º ANDAR COM CARRO COM O ÓLEO VENCIDO OU NUNCA TROCAR

Provoca degeneração do lubrificante, que é transformado em resíduos que podem provocar entupimento, e até travamento do motor, o problema seria realmente dispendioso.

10º NÃO FAZER ALINHAMENTO OU GEOMETRIA DO VEÍCULO

O fato de andar com carro desalinhado causa problema nas rodas, torna a direção insegura, e acaba exigindo maior esforço do veículo, além de aumentar o gasto de combustível.

alinhamento no carro

11º NÃO TROCAR O LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO

O aditivo serve para evitar o congelamento ou a fervura da água no motor, e o prejuízo pode ser grande.

12º DEIXAR O CARRO ESTACIONADO E OS VIDROS ELÉTRICOS SEM FUNCIONAR POR MUITO TEMPO

O fato do carro estar no estacionamento parado há algum tempo, significa que precisa ligar o carro constantemente, para impedir que a bateria descarregue, além de ter que abrir e fechar os vidros elétricos, afim, de evitar que os vidros elétricos tenham problemas com quebra de peças por ressecamento.

13º FALTA DA SUBSTITUIÇÃO DOS FILTROS

O carro possui filtros de ar, de combustível, de óleo, do ar-condicionado, e todos precisam ser constantemente trocados evitando, assim gastos desnecessários.

14º DEMORAR MUITO PARA FAZER UM REPARO NA LATARIA

Às vezes por problemas financeiros o reparo do amassado acaba sendo deixado de lado,  isso significa que na hora do conserto na funilaria, o preço poderá sair bem mais caro, já que a peça amassada começa a sofrer corrosão. 

15º NÃO LAVAR O VEÍCULO POR MUITO TEMPO

Hoje em dia no mercado, existem muitos locais que deixam a pintura do veículo como nova com polimento,  ou cristalização,  mas, antes de mais nada o carro tem que ser lavado semanalmente, para tirar todas as impurezas como pó, a terra, o piche, para a pintura ficar conservada e brilhante, evitando inclusive esse gasto desnecessário.

Essas são apenas, algumas dicas, e fazendo constantemente a manutenção preventiva no carro, além de auxiliar na durabilidade, evita os chamados gastos desnecessários e emergenciais.

manutenção em veículo

Post relacionados

Nota de rodapé

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual do proprietário do seu PRODUTO.

Nota Completa no RODAPÉ. Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Palavras Chave

desgaste em veículo,
como diminuir os desgastes nas peças,
como preservar o carro,
15 maneiras de causar desgaste de um veículo,
manutenção em veículo,
alinhamento no carro,

-#desgasteemveículo
-#comodiminuirosdesgastesnaspeças
-#comopreservarocarro
-#15maneirasdecausardesgastedeumveículo
-#manutençãoemveículo
-#alinhamentonocarro