Defeito da ventoinha

 

Ventoinha é o dispositivo responsável pelo arrefecimento do veículo, e caso apresente alguma falha pode causar o superaquecimento do motor, em função disso, é importante que saiba quais os principais defeitos da ventoinha e como proceder.

Percebeu que o ponteiro da temperatura do carro subiu? A única saída é parar de imediato, é sinal que está sem água no reservatório, e nesse caso é preciso esperar o carro esfriar antes de colocar o fluído refrigerante, ou, a água, mesmo assim, ligue novamente o motor enquanto preenche o reservatório, depois, é torcer para que tudo normalize para prosseguir no trajeto.

O problema maior é quando a água está na marca recomendada, não há vazamentos embaixo do carro, e mesmo assim, a temperatura subiu, isto significa que o motor não está sendo refrigerado pela ventoinha, é necessário que evite andar com o carro para que esfrie, caso contrário o motor trava, e o prejuízo vai ser grande!

São vários tipos de problemas que podem ocasionar o aquecimento, veja abaixo quais os principais defeitos da ventoinha:

Como saber se a ventoinha está funcionando

 

• Basta que abra o capô para ouvir se existe som como um pequeno ventilador ligado, embora dependendo da marca do veículo pode ser bem silencioso, por isso, fique atento, caso não esteja não deve prosseguir viagem;

 

Conserto simples da ventoinha

 

• Motoristas mais experientes costumam se arriscar no problema citado acima, já que “pode ser” apenas um fusível queimado, e caso tenha acesso ao manual do proprietário, basta descobrir a localização do fusível responsável pelo controle do resfriamento e substitui-lo;

 

Como proceder se o carro superaquecer

 

• Este procedimento conforme mencionado pode ser feito somente por quem entende do assunto, a atitude mais correta a se fazer é providenciar um reboque para levar o carro ao Centro Automotivo mais próximo, ou, ao eletricista;

 

Checagem no eletricista

 

• Entre os principais defeitos da ventoinha, talvez, o mais comum seja a queima do fusível, mas, existem outros mais complexos, alguns para serem descobertos precisam ser acompanhados pelo eletricista para saber exatamente onde está sendo originado o defeito;

Problemas no sensor de temperatura

 

• Ao perceber que a ventoinha funciona fora de hora, por exemplo, logo ao dar a partida, precisa levar o carro ao eletricista, sendo importante informar o que notou de errado, visto que ao ligar o carro a ventoinha não tem motivo para entrar em funcionamento pois o motor está frio;

• Significa que provavelmente o problema está no sensor da temperatura, pois, tem a função de acionar a ventoinha sempre que atingir temperaturas elevadas, desta maneira o eletricista vai direto ao problema evitando ter de deixar o carro na oficina até achar o defeito;

• Outro ponto importante que vale ser mencionado, é que entre os principais defeitos da ventoinha, problemas com o sensor da temperatura não envolve apenas acionar sem motivo, ou seja, com o motor ainda frio, já que também pode apresentar o inverso, o motor superaquecer e a ventoinha não ligar devido o problema estar no sensor que precisa ser substituído;

 

Cuidados com a ventoinha

 

• O líquido de arrefecimento deve ser mantido no nível máximo no reservatório, caso seja necessário pode ser completado com água destilada ou de filtro para evitar excesso de cloro;

• A ventoinha não pode permanecer ligada o tempo todo, então fique atento;

• A ventoinha trabalha em duas fases, caso perceba que está entrando na segunda fase sem marcar temperatura alta leve ao eletricista para checar o motivo;

Qualquer problema que cause superaquecimento no motor deve ser resolvido de imediato, e nada de continuar andando com o veículo já que pode fundir o motor, e a negligência vai pesar de verdade no bolso!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This