Controle de cruzeiro é o braço direito e o esquerdo que todo motorista deveria ter a disposição em seu veículo. No entanto, infelizmente, é um dos acessórios que vem em modelos mais sofisticados!

Fazer viagens longas dirigindo pelas estradas pode não ser tão prazerosa para o motorista. Exceto, quando tem outros com quem revezar a direção. Assim acaba se tornando cansativo dirigir horas e horas controlando a velocidade nos pés!

É onde o controle de cruzeiro entra, certamente para fazer toda diferença deixando a viagem mais leve para o motorista. Principalmente em estradas longas, retas e vazias, onde a monotonia é quebrada somente quando surge uma curva a frente!

Toda tecnologia a favor do motorista quando disponível no veículo precisa ser utilizada de forma consciente para não ter problemas. Isso porque pode ser o ajudante perfeito que divide a tarefa de manter a velocidade contínua na estrada, como é o caso do controle de cruzeiro.

Então, nada de ficar pressionando o acelerador durante horas para manter a velocidade. Portanto basta que o controle de cruzeiro seja acionado para permanecer na velocidade programada sem necessidade de ficar de olho no velocímetro.

Além de não correr risco com multas por excesso de velocidade, como a perna direita não é forçada a manter o pé no acelerador. Isso deixa o motorista ficar sem dores, e o passeio será mais proveitoso!

Embora vários modelos tenham esse recurso, existem dados que comprovam que no Brasil poucos motoristas utilizam o controle de cruzeiro. Talvez, por achar sem utilidade, mas, acredite, é tão necessário que deveria vir até nos modelos mais baratos!

Também é interessante frisar que a tecnologia do controle de cruzeiro evoluiu até chegar no controle adaptativo conforme explicado abaixo.

 

Diferenças entre controle de cruzeiro x adaptativo

 

• Controle de cruzeiro é o companheiro ideal em estradas longas. Isso porque sua tecnologia permite que o veículo mantenha a velocidade definida pelo motorista sem cansar. Já que não é necessário manter o pé sobre o pedal do acelerador;

• Sendo assim, o motorista tem o foco somente no volante e na sinalização da estrada a fim de observar em quais trechos as velocidades são diferentes;

 

Quando surgiu o controle de cruzeiro

 

• Este sistema foi inventado no século XVII pelo engenheiro escocês James Watt. James Watts foi construtor de instrumentos científicos, que ficou famoso pelos melhoramentos que introduziu no motor a vapor, ou seja, nos trens;

• Posteriormente, a partir de 1940 essa tecnologia começou a ser desenvolvida também para automóveis;

 

Como funciona

 

• Quando o controle de cruzeiro é acionado, passa a controlar o acelerador e os freios da mesma forma que o motorista faria. Através dos cabos internos, simplificando boa parte da tarefa, já que basta definir a velocidade e quando deve ser desativada;

 

Como desativar manualmente

 

• A tarefa é bem rápida, basta dar um toque no freio para desativar o funcionamento autônomo, dessa maneira o controle do carro volta para o motorista.

 

O que é controle de cruzeiro adaptativo

 

• O controle de cruzeiro adaptativo funciona como o controle de cruzeiro embora mais evoluído em questão de tecnologia. Isso se dá porque, está ligado aos veículos inteligentes, ou seja, autônomos;

• É como uma estratégia de manutenção e velocidade. Ele tem por objetivo acelerar ou reduzir a velocidade do momento para acompanhar o trânsito dos veículos que estão a frente;

• O princípio de funcionamento é o mesmo do controle de cruzeiro onde o motorista define a velocidade. A diferença é ao encontrar outro veículo a frente, não é necessário desativar o recurso;

• O diferencial é este. O sistema identifica o veículo através de sensores internos, promovendo os ajustes necessários na velocidade para permanecer atrás do veículo com segurança;

Veículos com tecnologias mais avançadas possibilitam a identificação de outros veículos. Isso permite que a velocidade seja mantida o tempo todo, mesmo sendo ultrapassado por outro carro e entre na frente do veículo.

A tecnologia do recurso do controle de cruzeiro adaptativo é realmente muito avançada devido ao sistema de frenagem automática. Ela funciona no mesmo princípio do controle adaptativo através de uma intervenção ativa.

A segurança está mais presente do que se imagina no controle de cruzeiro adaptativo, pois, os sensores utilizados para o controle de velocidade tem capacidade para identificar uma colisão iminente, é quando automaticamente assumem o controle da frenagem, obrigando o carro a parar evitando acidentes!

Este é ou não um recurso que até o veículo mais barato do mercado deveria ter?!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This