Pilotar moto é a paixão do brasileiro! É um dos melhores transportes práticos já inventados. Talvez por isso, seja utilizada para muitas funções, como por exemplo, transporte de carga! Embora seja um veículo ágil que não fica preso no trânsito, moto com excesso de peso, traz problemas com certeza! Claro que isso acontece quando a utilização é diária e sempre com excesso de peso. Uma vez ou outra, é sem problemas. Mas, quando o transporte é de cargas pesadas, o comprometimento da estrutura afeta a segurança do motociclista!

 

Moto com excesso de peso é proibido

 

• E sempre que envolve a integridade física do motociclista, acaba sendo proibida por lei. É o que acontece com essa prática inofensiva, por isso, vale a dica: Caso precise utilizar a moto para transportar objetos pesados de uma só vez, o melhor é fazer mais de uma viagem. Outra solução é arrumar um carreto, isto porque tem gente que faz mudança com a moto!

 

Punição pelo excesso de peso

 

• Conforme o CTB, Código de Trânsito Brasileiro, transportar cargas pesadas na moto é considerada infração grave, gera multa de R$ 195,23, e ainda, perde 5 pontos na CNH. O pior de tudo, tem a moto apreendida!

• Como se não bastasse todos os problemas apontados, o motociclista será obrigado a conseguir de imediato outro veículo para carregar a carga que está transportando. Ou seja, gastará com o carreto de qualquer maneira! Por isso, convém analisar se vale a pena correr o risco de ser flagrado pelas autoridades!

 

Excesso de peso também para outros veículos

 

• Somente para esclarecer, transporte de cargas acima do limite permitido também é proibido para carros, ônibus e até caminhões. Tudo está previsto em lei, já que embora maiores, também comprometem a segurança do motorista.

 

Como a mecânica é comprometida

 

• Sempre que a moto transporta um peso maior do que pode, ao longo do tempo vai surgir avarias em vários locais. Justamente porque foi projetada para suportar um X de quilos na carroceria. Caso seja utilizada sempre com excesso de peso, o desgaste será notado rapidamente nos pneus, freio, tração e suspensão.

• Entretanto, os pneus são os primeiros a serem afetados, principalmente se estiverem descalibrados. E devido ao excesso de peso na moto o risco de uma derrapagem torna-se cada vez mais fácil!

• O consumo de combustível também é outro fator que vai pesar no bolso. O interessante é acontece mesmo que esteja andando a 40 km/h, visto que a rotação por minuto será de cerca de 4000 rpm. Dessa forma é exigido muito mais do motor, elevando o envio de combustível para o sistema de injeção!

 

Então, como proceder

 

• Apenas para se ter uma ideia, uma moto de 150 cilindradas pode levar aproximadamente 166 kg. Sempre é importante observar quantos quilos sua moto pode carregar, basta verificar no manual. Isto é importante para ter certeza que a moto continuará econômica, além é claro, de cumprir o que manda a lei.

 

 

Qual o peso da carga permitida

 

• Entretanto, é bom esclarecer que o manual do proprietário informa a carga máxima permitida para transportar em sua moto, já incluindo o peso do piloto, acessórios como um baú por exemplo, a carga e de um carona!

• Aliás, até para quem leva algum tipo de bagagem é preciso saber distribuir o peso nos dois lados da moto. Dessa forma não corre o risco de desequilibrar numa curva. Pois, caso a carga se desloque rapidamente, vai levar o piloto ao chão!

Em conclusão, a vida útil da moto é drasticamente reduzida, ou seja, nem mesmo fazendo todas as revisões previstas pelo fabricante! Além do mais, o excesso de peso afeta diretamente o equilíbrio do motociclista, aumentando a chance de acidentes!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Pin It on Pinterest

Share This