Informalidade no Setor Automotivo

A Informalidade no Setor Automotivo vem perdendo espaço a cada dia, já que os Governos Federal, Estadual, e o Municipal, estão voltados nesse sentido, com a criação da Nota Fiscal Eletrônica

(NF-e)/DANFE, com o Sistema Público de Escrituração Digital(SPED), além da Escrituração Fiscal e SAT.

Informalidade no Setor Automotivo é motivo para o Fisco

Para isso é necessário a conscientização de mudanças das regras já constantes na legislação tributária, pois não há como trabalhar na Informalidade no Setor Automotivo, já que o Fisco, além de ter como rastrear as notas fiscais eletrônicas, pode rastrear também as transações feitas com cartão de crédito entre empresas, clientes, e fornecedores.

 

Qual a Importância do SPED

 

O Sistema Público de Escrituração Digital(SPED), foi criado afim de evitar a sonegação fiscal, através de relatórios com a quantidade de entrada e de saída de mercadorias, além de reunir todas as informações fiscais, tributárias e operacionais dos contribuintes, facilitando assim, o controle da legislação feito pelas empresas.

 

Vantagens de Sair da Informalidade no Setor Automotivo

 

Com isso, a expectativa é oferecer ao mercado competitividade, principalmente para as empresas inscritas na Junta Comercial e com CNPJ. Pelo fato das empresas serem legalizadas, é esperado, que não seja adotado práticas de atividades irregulares, como adquirir mercadorias de procedências duvidosas, ou ainda, de vender sem nota fiscal. Muitas vezes, o empresário ao adotar tais práticas, tem prejuízos, por não ter controle algum sobre essas mercadorias.

 

Desvantagens da Informalidade no Setor Automotivo

 

O faturamento da empresa é um dos principais itens necessários ao ser solicitada uma linha de crédito em uma Instituição Financeira, sendo que o “sonegador”, devido ao fato de não comprovar os faturamentos necessários, caso consiga o crédito, será com taxas menos atraentes.

Parcerias com Sebrae e Sincopeças no Setor Automotivo

Vale lembrar que o empresário deve estar atento e também ser capacitado, sobre todas as informações e alterações feitas na legislação constantemente, e para isso, é interessante procurar parcerias em instituições como Sebrae ou a Sincopeças, para o fortalecimento da imagem da empresa.

 

A importância da Competitividade

 

É importante que o empresário saiba que a legislação deve que ser cumprida em toda as etapas, pois não existem meios de contorná-la, portanto, os impostos pagos durante a vida da empresa, devem ser incluídos nos preços das peças e dos serviços oferecidos, para conseguir obter margem de lucro real. O resultado dessas medidas, caracteriza que todas as empresas fiquem no mesmo patamar, tornando-as altamente competitivas, sendo que o diferencial, será a estratégia adotada por cada uma.

Empresário e Contador de Confiança

 

Ao sair da Informalidade no Setor Automotivo, é fundamental o empresário conhecer a fundo a legislação, além da necessidade dos serviços de contador de confiança e competente, afim de controlar os gastos não só como fluxo de caixa, como principalmente para cuidar dos pagamentos das obrigações fiscais em tempo hábil, evitando assim, multas desnecessárias.

Como Sair da Informalidade no Setor Automotivo

 

Sair da Informalidade e legalizar uma empresa, tornou-se muito fácil e atraente, desde que a Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008 entrou em vigor, pois facilitou a passagem do empresário informal, para se tornar um Microempreendedor Individual (MEI), diminuindo toda a burocracia que antes era feita, sendo que em alguns passos, o empresário rapidamente estará de posse do CNPJ de sua empresa.

 

Outras Vantagens em ter CNPJ

 

Além de enquadrar a empresa no mercado formal de trabalho, com o CNPJ, consegue-se facilmente a abertura de contas em nome de Pessoa Jurídica, o que muitas vezes, torna-se vantajoso, devido as taxas diferenciadas que são oferecidas pelos bancos somente para as empresas.

 

Como sair da Informalidade no Setor Automotivo

 

É bem simples. Com documentos pessoais em mãos, munido do endereço de onde a empresa será estabelecida, basta acessar na internet, o site Portal do Empreendedor, preencher as declarações e formulários, assim, a empresa além de obter o nº do CNPJ, a inscrição na junta comercial e no INSS, recebe inclusive, o alvará de funcionamento provisório.

 

O que é CCMEI (Certificado da Condição de Microempreendedor Individual)

 

Esses dados geram o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI) o qual deverá ser impresso e guardado, pois este é o 1º documento comprobatório de sua empresa. Caso a Prefeitura não crie empecilhos quanto ao endereço indicado e ao ramo de atividade pretendido no local, o alvará de funcionamento provisório passa ser definitivo.

 

Legalize Agora Sua Empresa

 

Para sair da Informalidade no Setor Automotivo é só clicar http://www.portaldoempreendedor.gov.br/ , e em caso de dúvidas, procure sempre o contador de sua confiança.

 

CNPJ só com Nota Fiscal

 

Vale lembrar ainda, que para a empresa com o nº do CNPJ já em mãos, estas devem começar a emitir as notas fiscais, sobre todas as vendas ou prestações de serviços, para pessoas jurídicas de qualquer porte, não havendo necessidade somente em casos do consumidor final ser pessoa física.

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This