Antes de comprar um carro, leia té o final.

Não importa se está de olho em algum lançamento, ou, pensando em adquirir um seminovo, o importante é saber o que não fazer antes de comprar um carro, é só seguir estes 4 conselhos.

A tranquilidade de ter um carro a sua disposição na garagem, é um diferencial que vale a pena investir. Mas claro, como tudo na vida, precisa ser feito moderadamente. Isso significa que antes de tudo, é preciso estar ciente que não é somente a parcela do carro que vai ter que pagar todo mês. Ao comprar um carro, tem IPVA, seguro, manutenção, despesas com combustível, lavagens, estacionamento, entre vários outras despesas.

Muitas pessoas querem comprar um carro e entram de cara na 1ª revenda e já saem com um carro. Isso sem analisar as consequências que muitas vezes levam ao prejuízo, afinal, comprou, não pagou, perdeu.

Pense bem, analise, e aprenda o que não fazer antes de comprar um carro!

Conselho nº 1

Não saia de casa, disposto a comprar um carro se ainda não decidiu quais modelos e ano de fabricação está querendo. Mesmo porque poderia fazer uma péssima escolha, já que os vendedores estão lá para vender. Poucos se importam em ouvir o que o cliente está dizendo. Isso as vezes leva o consumidor a não analisar direito ao comprar um carro e acaba achando que está fazendo um negócio da China.

É necessário que saiba qual o tamanho de carro você precisa. Afinal, não adianta comprar um carro pequeno se a família é de 2 adultos e 2 ou 3 crianças, mais o cachorro. Também não adianta querer um SUV imenso se é apenas para ir ao trabalho diariamente sozinho, já que gasta mais combustível. Vagas na rua é difícil encontrar, e até para lavar o carro, ou estacionar é mais caro, sem falar no IPVA e seguro. A menos que você já tenha se preparado financeiramente para comprar um carro e manter este alto padrão.

Atualmente, há carros 1.0 e 1.3 “Tops”. Carros tão incrementados que agradam fregueses mais exigentes, que não estão disposto a desembolsar altas granas. Por isso, analise e pesquise muito antes de decidir. Caso contrário, ao comprar um carro movido pela ansiedade pode acabar na frustração e endividado.

Conselho nº 2

Outra dica importante para do que não fazer antes de comprar um carro, é sair de casa sem calcular o quanto pode arcar nas parcelas mensais. É bom que faça as contas de quanto vai sair o carro no final, mesmo que a parcela caiba no seu bolso.

O motivo dessa conta, é para saber se está pagando 1 ou 2 carros, porque na hora da venda, o que vale é o preço atual do mercado. Ou seja, ao comprar um carro por 35 mil à vista, no final pode ficar perto de 50 mil, e devido a desvalorização anual, é capaz que tenha de vender a 25 mil.

Nessa hora, existem poucos argumentos que justifiquem um preço acima da tabela. Ao comprar um carro com valor acima da tabela, novo ou usado, você pode saber quem paga mais por ele. Assim revendendo e lucrando com isso. Outra hipótese é a necessidade de ter um carro para trabalhar, ao exemplo de taxista, UBER, entregas domiciliares… atividades que exigem a utilização de veículo e que trazem retorno.

Conselho nº 3

Parece que algumas pessoas ao quererem comprar um carro, procuram pelos que vem cheio de opcionais de fábrica. O engraçado, é que geralmente os carros de modelos parecidos e de fabricantes diferentes podem sofrer uma variação de preço entre eles. Isso acontece justamente pela quantidade de itens de fábrica que acompanham o modelo.

Novamente, analise a potência do motor, e os opcionais de fábrica, inclusive não tenha pressa em fechar negócio. Saia da revenda e procure saber numa casa de acessórios quanto ficaria para colocar os itens que deseja para ver como sai bem mais barato. Com isso você então poderia comprar um carro com ótimo motor, mais barato e incrementar depois.

Claro que seria uma solução para uma economia de momento, seja como for, antes de tomar essa decisão de colocar os acessórios fora da revenda, verifique se não vai perder a garantia Sendo esse o caso, esqueça.

Conselho nº 4

A última dica, e de fato a mais importante! Pode parecer algo simples, e com importância somente para quem procura um carro zero, mas, vale para quem procura um carro usado também. Antes de comprar um carro, peça para fazer um Test drive. Não importa se vai dar somente uma volta no quarteirão, mas, de preferência ande muito, faça balizas. É essencial que você sinta o carro, as vezes pode não agradar tanto.

É preciso que sinta se o carro é tudo o que imaginava, com boa dirigibilidade. Não adianta ter um carro lindo e chamativo. Muita gente se decepciona quando começa a usar diariamente. Para você pode ser grande ou pequeno demais, desconfortável, e até mais veloz que o necessário. Então, dirija, analise, compare, para ter certeza de um bom negócio! Nada como tirar todas as sombras de dúvidas antes de comprar um carro.

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado. Com novidades em equipamentos automotivos, segurança e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.
Viagem de Moto. Como se prevenir?

Viagem de Moto. Como se prevenir?

Todos amantes de motocicletas adoram viagem de moto. Mas deve-se tomar alguns cuidados para não ficar na estrada e estragar o passeio

Como fazer o carro pegar no tranco?

Como fazer o carro pegar no tranco?

Como fazer o carro pegar no tranco? Antes disso, veja se não está prejudicando a situação fazendo o carro pega no tranco, com especialista

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Antes de comprar um carro, leia té o final.

Não importa se está de olho em algum lançamento, ou, pensando em adquirir um seminovo, o importante é saber o que não fazer antes de comprar um carro, é só seguir estes 4 conselhos.

A tranquilidade de ter um carro a sua disposição na garagem, é um diferencial que vale a pena investir. Mas claro, como tudo na vida, precisa ser feito moderadamente. Isso significa que antes de tudo, é preciso estar ciente que não é somente a parcela do carro que vai ter que pagar todo mês. Ao comprar um carro, tem IPVA, seguro, manutenção, despesas com combustível, lavagens, estacionamento, entre vários outras despesas.

Muitas pessoas querem comprar um carro e entram de cara na 1ª revenda e já saem com um carro. Isso sem analisar as consequências que muitas vezes levam ao prejuízo, afinal, comprou, não pagou, perdeu.

Pense bem, analise, e aprenda o que não fazer antes de comprar um carro!

Conselho nº 1

Não saia de casa, disposto a comprar um carro se ainda não decidiu quais modelos e ano de fabricação está querendo. Mesmo porque poderia fazer uma péssima escolha, já que os vendedores estão lá para vender. Poucos se importam em ouvir o que o cliente está dizendo. Isso as vezes leva o consumidor a não analisar direito ao comprar um carro e acaba achando que está fazendo um negócio da China.

É necessário que saiba qual o tamanho de carro você precisa. Afinal, não adianta comprar um carro pequeno se a família é de 2 adultos e 2 ou 3 crianças, mais o cachorro. Também não adianta querer um SUV imenso se é apenas para ir ao trabalho diariamente sozinho, já que gasta mais combustível. Vagas na rua é difícil encontrar, e até para lavar o carro, ou estacionar é mais caro, sem falar no IPVA e seguro. A menos que você já tenha se preparado financeiramente para comprar um carro e manter este alto padrão.

Atualmente, há carros 1.0 e 1.3 “Tops”. Carros tão incrementados que agradam fregueses mais exigentes, que não estão disposto a desembolsar altas granas. Por isso, analise e pesquise muito antes de decidir. Caso contrário, ao comprar um carro movido pela ansiedade pode acabar na frustração e endividado.

Conselho nº 2

Outra dica importante para do que não fazer antes de comprar um carro, é sair de casa sem calcular o quanto pode arcar nas parcelas mensais. É bom que faça as contas de quanto vai sair o carro no final, mesmo que a parcela caiba no seu bolso.

O motivo dessa conta, é para saber se está pagando 1 ou 2 carros, porque na hora da venda, o que vale é o preço atual do mercado. Ou seja, ao comprar um carro por 35 mil à vista, no final pode ficar perto de 50 mil, e devido a desvalorização anual, é capaz que tenha de vender a 25 mil.

Nessa hora, existem poucos argumentos que justifiquem um preço acima da tabela. Ao comprar um carro com valor acima da tabela, novo ou usado, você pode saber quem paga mais por ele. Assim revendendo e lucrando com isso. Outra hipótese é a necessidade de ter um carro para trabalhar, ao exemplo de taxista, UBER, entregas domiciliares… atividades que exigem a utilização de veículo e que trazem retorno.

Conselho nº 3

Parece que algumas pessoas ao quererem comprar um carro, procuram pelos que vem cheio de opcionais de fábrica. O engraçado, é que geralmente os carros de modelos parecidos e de fabricantes diferentes podem sofrer uma variação de preço entre eles. Isso acontece justamente pela quantidade de itens de fábrica que acompanham o modelo.

Novamente, analise a potência do motor, e os opcionais de fábrica, inclusive não tenha pressa em fechar negócio. Saia da revenda e procure saber numa casa de acessórios quanto ficaria para colocar os itens que deseja para ver como sai bem mais barato. Com isso você então poderia comprar um carro com ótimo motor, mais barato e incrementar depois.

Claro que seria uma solução para uma economia de momento, seja como for, antes de tomar essa decisão de colocar os acessórios fora da revenda, verifique se não vai perder a garantia Sendo esse o caso, esqueça.

Conselho nº 4

A última dica, e de fato a mais importante! Pode parecer algo simples, e com importância somente para quem procura um carro zero, mas, vale para quem procura um carro usado também. Antes de comprar um carro, peça para fazer um Test drive. Não importa se vai dar somente uma volta no quarteirão, mas, de preferência ande muito, faça balizas. É essencial que você sinta o carro, as vezes pode não agradar tanto.

É preciso que sinta se o carro é tudo o que imaginava, com boa dirigibilidade. Não adianta ter um carro lindo e chamativo. Muita gente se decepciona quando começa a usar diariamente. Para você pode ser grande ou pequeno demais, desconfortável, e até mais veloz que o necessário. Então, dirija, analise, compare, para ter certeza de um bom negócio! Nada como tirar todas as sombras de dúvidas antes de comprar um carro.

Veja nossos vídeos em nosso Canal 2e4 Rodas

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado.
Com novidades em equipamentos automotivos, segurança,
diversão e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Viagem de Moto. Como se prevenir?

Todos amantes de motocicletas adoram viagem de moto. Mas deve-se tomar alguns cuidados para não ficar na estrada e estragar o passeio

Como fazer o carro pegar no tranco?

Como fazer o carro pegar no tranco? Antes disso, veja se não está prejudicando a situação fazendo o carro pega no tranco, com especialista

Pode usar pneu remold em moto?

Já ofereceram usar pneu remold em moto? Fabricação do remold, pneu remold é proibido. Causas de acidentes com motos, pneu gasta mais rápido é

Barulhos no motor da moto

Os barulhos no motor da moto podem ser por diversos fatores, seja por corrente esticada demais, folgada ou torta, parafusos frouxos, freios

Por que tantos acidentes com motos?

O porque tantos acidentes com motos acontece é a solução para conhecer as principais causas de acidentes de moto e assim encontrar a solução

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This