Quem gostaria de comprar um carro bom, bonito e barato? Com certeza muita gente, não é? A dica então, é saber como participar de leilões de carros, o que pode gerar uma economia de até 30%. No entanto, é preciso saber de uns macetes, ter alguns conhecimentos para não quebrar a cara e ficar no prejuízo, por isso, fique ligado e acompanhe as principais dicas a seguir.

Podem participar de leilões, tantos pessoas físicas, como empresas que trabalham na compra e venda de carros, ou, que desejam renovar a frota de seus automóveis investindo menos, de qualquer maneira, para participar de leilões de carros, é preciso ter a grana em mãos, porque nesse caso, só a vista. Mesmo que pareça uma oportunidade única, é preciso que seja analisado se realmente vale a pena, já que pode haver riscos de não fazer uma boa escolha, e sabe que depois que bateu o martelo, não tem outra opção, senão de desembolsar a quantia acordada.

O preço dos carros em leilões sempre são convidativos, e para quem tem dúvidas da procedência desses veículos que inclusive podem ser motos ou caminhões, todos foram confiscados devido a falta de pagamento.

Logo de cara então, não tem como saber como está a mecânica de um carro mesmo com aparência de novo, em razão disso, é bom que leve seu mecânico de confiança para checar o veículo antes de dar seu lance, assim, como a documentação também é outro fator de risco que deve ser checado junto ao DETRAN.

Acompanhe mais dicas de como participar de leilões de carros para fazer um bom negócio:

  • É aconselhável que não dê lances sem antes saber realmente como está a mecânica do automóvel, já que os prováveis consertos, ficam por conta do comprador;
  • Carros comprados em leilões, na hora da revenda, podem sofrer uma desvalorização de 40%, por essa razão, compre apenas se o preço estiver muito abaixo do mercado, senão, prejuízo na certa;
  • Grande parte das seguradoras não aceitam carros adquiridos em leilões, e quando aceitam, podem cobrar o dobro;
  • Nos leilões de seguradoras, a maior parte dos carros podem estar batidos, cuidado;

O DETRAN também realiza leilões de veículos retidos, removidos ou apreendidos, sempre que ultrapassarem 60 dias no pátio, o interessante, é que esse leilão pode ser presencial ou online, e tem até dia para ver os carros de perto, sempre uma semana antes, assim, é possível avaliar o estado do veículo.

No DETRAN quem der o lance maior pode pagar em dinheiro, cheque e até em boleto, o veículo é entregue sem nenhum tipo de débito pendente, e será necessário somente a emissão de um novo documento para o carro.

Além dos leilões feitos pelas seguradoras e pelo DETRAN, os bancos também oferecem essa modalidade, assim, como empresas que oferecem leilões online, que tornam´se muito mais fáceis para participar, mas, os riscos são os mesmos já apresentados, por isso, fique atento.

Antes de entrar em um leilão, é preciso certificar-se que é legalizado e tem boas referências. Pode acessar o site para verificar a também para se cadastrar, basta que seja maior de 18 anos e tenha documentos como CPF, RG, e para empresas CNPJ. Seja como for, cheque sempre a mecânica, e se realmente não há débitos pendentes para fazer um bom negócio!

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado. Com novidades em equipamentos automotivos, segurança e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Quem gostaria de comprar um carro bom, bonito e barato? Com certeza muita gente, não é? A dica então, é saber como participar de leilões de carros, o que pode gerar uma economia de até 30%. No entanto, é preciso saber de uns macetes, ter alguns conhecimentos para não quebrar a cara e ficar no prejuízo, por isso, fique ligado e acompanhe as principais dicas a seguir.

Podem participar de leilões, tantos pessoas físicas, como empresas que trabalham na compra e venda de carros, ou, que desejam renovar a frota de seus automóveis investindo menos, de qualquer maneira, para participar de leilões de carros, é preciso ter a grana em mãos, porque nesse caso, só a vista. Mesmo que pareça uma oportunidade única, é preciso que seja analisado se realmente vale a pena, já que pode haver riscos de não fazer uma boa escolha, e sabe que depois que bateu o martelo, não tem outra opção, senão de desembolsar a quantia acordada.

O preço dos carros em leilões sempre são convidativos, e para quem tem dúvidas da procedência desses veículos que inclusive podem ser motos ou caminhões, todos foram confiscados devido a falta de pagamento.

Logo de cara então, não tem como saber como está a mecânica de um carro mesmo com aparência de novo, em razão disso, é bom que leve seu mecânico de confiança para checar o veículo antes de dar seu lance, assim, como a documentação também é outro fator de risco que deve ser checado junto ao DETRAN.

Acompanhe mais dicas de como participar de leilões de carros para fazer um bom negócio:

  • É aconselhável que não dê lances sem antes saber realmente como está a mecânica do automóvel, já que os prováveis consertos, ficam por conta do comprador;
  • Carros comprados em leilões, na hora da revenda, podem sofrer uma desvalorização de 40%, por essa razão, compre apenas se o preço estiver muito abaixo do mercado, senão, prejuízo na certa;
  • Grande parte das seguradoras não aceitam carros adquiridos em leilões, e quando aceitam, podem cobrar o dobro;
  • Nos leilões de seguradoras, a maior parte dos carros podem estar batidos, cuidado;

O DETRAN também realiza leilões de veículos retidos, removidos ou apreendidos, sempre que ultrapassarem 60 dias no pátio, o interessante, é que esse leilão pode ser presencial ou online, e tem até dia para ver os carros de perto, sempre uma semana antes, assim, é possível avaliar o estado do veículo.

No DETRAN quem der o lance maior pode pagar em dinheiro, cheque e até em boleto, o veículo é entregue sem nenhum tipo de débito pendente, e será necessário somente a emissão de um novo documento para o carro.

Além dos leilões feitos pelas seguradoras e pelo DETRAN, os bancos também oferecem essa modalidade, assim, como empresas que oferecem leilões online, que tornam´se muito mais fáceis para participar, mas, os riscos são os mesmos já apresentados, por isso, fique atento.

Antes de entrar em um leilão, é preciso certificar-se que é legalizado e tem boas referências. Pode acessar o site para verificar a também para se cadastrar, basta que seja maior de 18 anos e tenha documentos como CPF, RG, e para empresas CNPJ. Seja como for, cheque sempre a mecânica, e se realmente não há débitos pendentes para fazer um bom negócio!

Veja nossos vídeos em nosso Canal 2e4 Rodas

Saiba na hora que um novo vídeo foi postado.
Com novidades em equipamentos automotivos, segurança,
diversão e entretenimento da área mecânica, informação e lazer.

Por que tantos acidentes com motos?

O porque tantos acidentes com motos acontece é a solução para conhecer as principais causas de acidentes de moto e assim encontrar a solução

Moto Antiga x Placa Preta

A sua moto é antiga? Tem pelo menos 30 anos de uso? Sabia que pode solicitar a placa preta e, assim, valorizar na hora da revenda? Isso mesmo

Saiba porque segura de moto é caro no Brasil

Seguro de moto é caro no Brasil   Fazer seguro de motocicleta no Brasil, não é uma das prioridades do motociclista porque sai caro! Por isso mesmo, cada região no Brasil apresenta um percentual diferente quanto ao seguro de moto. Como por exemplo, enquanto na...

Carros Elétricos e o Meio Ambiente

O hybrid electrical vehicle, no Brasil conhecido com carro elétrico utiliza como fonte motriz de energia um motor elétrico. Carros elétricos

Regulando farol da moto

É necessário criar pontos de referência para ajustar corretamente o farol da moto. Coloque a moto num suporte central para deixá-la reta,

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This