Quer uma nova moto e, está sem grana? A saída é que aprenda a cuidar do motor da moto que tem. Dessa maneira, não vai gastar mais com mecânica e, ainda, guarda dinheiro para dar de entrada!

A vantagem em ter uma grana reservada, é para futuramente trocar por um modelo mais novo, ou quem sabe, por um carro.

A princípio, a quantidade de combustível para rodar com a moto na cidade, pode ser insignificante, no entanto, existem outros gastos para mantê-la perfeita e conservada. E as vezes, pequenos problemas vão se acumulando, e quando aparecem, certamente, pesam no bolso, então, bate o arrependimento!

É importante dizer, que aprendendo a cuidar do motor da moto, a vida útil da máquina é prolongada, e gastos desnecessários são evitados!

 

Dicas para cuidar do motor da moto

 

Atenção ao arranque

 

• Quando a temperatura está muito baixa, após ligar o motor, é preciso que aguarde alguns minutos, antes de engatar a marcha;

• Por consequência do frio, o óleo permanece na parte baixa do motor, sem atingir as zonas superiores;

• A viscosidade do óleo também não está no ponto ideal para o arranque;

• A dica é, bombear o acelerador algumas vezes;

• Dessa maneira, o fluxo da gasolina é ativado, e o arranque será suave, sem exigir demais do motor;

• Motos com caixa de mudanças, é recomendável ir mudando aos poucos sem forçar;

Para cuidar do motor da moto, é preciso seguir as manutenções indicadas no manual do proprietário, principalmente, quanto ao óleo. A importância na troca do óleo na data correta, é devido as partículas de metal e fuligem que podem danificar o motor.

Mesmo que esteja com o óleo da moto em dia, observe o nível do óleo a cada 20 dias, não pode ficar abaixo do recomendado. Lembre-se, caso necessário, complete com o mesmo tipo de lubrificante.
Vale lembrar, que mesmo que a moto permaneça maior tempo parada, o óleo deve ser substituído a cada seis meses.

 

Rolamentos do motor

 

• Para cuidar do motor da moto, os rolamentos do motor também devem ser lubrificados, a cada três meses, com a motocicleta fria:

• Limpeza no motor para eliminar sujeiras e outros elementos, também é necessário, mas, requer um pouco de habilidade;

 

Como proceder na limpeza do motor da moto

 

• O motor e o escapamento da moto, precisam estar frios para começar a limpeza e higienização;

• É necessário fechar o escapamento e as entradas de ar, e impermeabilizá-las;

• Caso entre água, pode causar danos em algumas peças, afetando o funcionamento da moto;

• A limpeza pode ser feita com uma escova pequena;

• Em sujeiras mais consistentes, pode ser usado um litro de óleo diesel comprado em postos de combustível;

• Despeje aos poucos o óleo diesel sobre o motor, esfregue com uma escova pequena, estopa, ou, pano de microfibras;

• Na dúvida de como proceder, leve a moto ao auto center mais próximo para realização da limpeza do motor e dos rolamentos;

 

Outra opção para limpar o motor da moto, é utilizar o desengraxante biodegradável da TS Ambiental que possui taxa de biodegradação de 85% (contra 45%) de produtos similares) e pH neutro. Este desengraxante facilita a remoção de sujeiras mais incrustadas no motor que se dissolvem, com a vantagem de não causar danos ao meio ambiente.

O motor da moto, precisa ser limpo com frequência para não afetar a parte mecânica, mesmo assim, é importante dizer que o para-lama da motocicleta não deve ser removido para execução do serviço de limpeza.

A carenagem, acessórios e banco da moto, também merecem cuidados. Ambos devem ser limpos com produtos específicos para lataria, couro, entre outros. Tudo para garantir uma boa venda no futuro!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This