Escolha uma Página

9 Perigos para sua Motocicleta

phone-icon0800 642 2327          phone-iconFIXO (47) 3522-3274              whatsapp-logo-icone(47) 99978-1266          whatsapp-logo-icone(47) 98872-0320(PEÇAS) 

Andar de moto pode causar em muitos a sensação de liberdade, principalmente quando se pode acelerar nas estradas. Não importa se nas rodovias ou nas cidades, o número de motos que se envolvem em acidentes tem crescido nos últimos anos.

O Detran-DF divulgou um relatório no qual aponta esse crescimento, em 2014 foram registrados 114 acidentes com morte envolvendo motos, já em 2015 o crescimento foi de 6%. Por conta das estatísticas e perigos envolvidos, toda a atenção acaba sendo pouca. Por isso, veja quais são os principais riscos existentes e aprenda a lidar com eles.

Exibindo 1–6 de 19 resultados

9 GRANDES RISCOS QUE OS MOTOCICLISTAS CORREM NAS ESTRADAS

1 – Tráfego no sentido contrário

A atenção deve estar voltada não apenas à sua pista, mas também para a que está no sentido contrário. Um motorista distraído, vindo no sentido oposto, pode fazer um leve desvio acertando a moto. Se possível, esteja sempre atento e prefira manter uma certa distância da faixa que separa as vias. Um simples encostão em alta velocidade pode ter consequências sérias.

Elevador de Moto é 2e4 Rodas logo icone

Elevador de Moto é 2e4 Rodas    logo 2 e 4 rodas

2 – Perigo nos cruzamentos e no retorno

Cruzar uma via exige grande atenção, por isso tenha certeza de que o carro que está vindo te viu. Espere de ele ceda a passagem para atrasar ao invés de se arriscar. Os retornos também exigem atenção porque, caso perca um, não queira realizar uma manobra arriscada para voltar. Mas, atenção que os carros podem ter essa ideia.

FALE COMIGO PELO whats 2e4rodas (47) 98872-0320
3 – Falta de freios ABS

Frear é um momento de risco, ainda mais quando não se tem frios que contam com um sistema de antitravamento. Se possível, opte por modelos mais novos, que já contam com esse recurso. Se não tiver um ABS, vá reduzindo a velocidade lentamente até que seja seguro parar. Se o freio travar, existe um grande risco de o motociclista ser lançado para frente.

Exibindo um único resultado

4 – Presença de objetos na pista

Desde a areia até outros objetos na pista, podem ser uma grande problema para os motociclistas. Eles podem causar derrapagens e até mesmo derrubar o motorista. Sempre que objetos forem percebidos em um local, reduza a velocidade. Agora quando a queda for inevitável, tente jogar a moto para o acostamento, a fim de evitar uma atropelamento e um acidente mais grave.

Fonte: blogspot.com.br

5 – Teste de velocidade

Pode parecer tentador, ainda mais quando se tem uma moto nova, mas testar a aceleração para saber qual velocidade a moto atinge é extremante perigoso. Mantenha-se abaixo do limite de velocidade da via e garanta uma viagem mais segura.

6 – Portas abertas repentinamente

Nas estradas, esse não costuma ser um problema frequente, pois nem sempre há carros no acostamento – mas ainda há essa possibilidade – já nas cidades é bastante comum. As pessoas abrem as portas dos carros sem verificar se está vindo algum veículo, e assim um motociclista pode ser atingido.

Andar em uma velocidade não muito alta e manter uma certa distância ao passar por carros estacionados pode evitar esse tipo de problema.

Como Prefere Entrar em Contato?

Fale Conosco icone carta   0800 642 2327 ícone de telefone 
7 – Mudanças de faixas

Por mais se saiba dos riscos, muitos motoristas ainda mudam de faixa sem dar qualquer sinalização. Um motociclista pode ser atingido por um carro que está fazendo essa mudança e ser lançado longe. Evite usar os corredores, e sempre que estiver se aproximando, faça uso da buzina.

8 – Chuva

A chuva pode trazer vários riscos, e um deles é deixar a pista mais lisa e escorregadia. A água que se acumula também pode ser um problema, escondendo buracos e fazendo os motociclistas irem direito para eles. Em dias de chuva, evite dirigir, mas se não for possível, prefira utilizar vias que já conhece e dirija com cautela.

9 – Dirigir depois de beber

Mesmo que tenha bebido pouco, o álcool pode alterar a capacidade de reação e também as habilidades. Se beber, não pegue na direção, nesses casos prefira ir embora de táxi.Adotando esses cuidados, os riscos que os motociclistas correm podem diminuir, contribuindo para boas estatísticas.

Lembre-se de que um trânsito mais seguro começa com pequenas atitudes.

Fonte: www.msn.com

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como evitar acidentes de moto - 2 e 4 rodas - […] os anos milhares de motociclistas morrem no Brasil, mas, é no Estado de São Paulo onde a maioria dos…
  2. Como montar sua oficina de moto. - 2 e 4 rodas - […] a ter bons lucros visto a quantidade de motos vistas no trânsito principalmente na hora do “RUSH”, que são…
  3. Como é a jaqueta inflável sem fio? - 2 e 4 rodas - […] maioria das jaquetas com airbag, o acionamento das bolsas de ar é iniciado após um fio que une a…
  4. Medo de pilotar moto. - 2 e 4 rodas - […] A solução para evitar quedas desse tipo é procurar outro caminho, caso não tenha alternativa é passar com muito…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite o Número *

Pin It on Pinterest

Share This