Os veículos autônomos da Ford estão previstos para serem lançados em 2021, com diferencial que o serviço será oferecido somente para empresas. E como essa é uma novidade no mundo Ford, a empresa vem esclarecer quais são as bases para viabilizar o desenvolvimento desta tecnologia em larga escala!

De olho no futuro

• Veículos autônomos são apenas o atenuante para um novo tipo de negócio que está sendo desenvolvido. Nessa linha, a Ford está estruturando, testando e trabalhando no ecossistema de serviços, passo que será fundamental para os negócios em relação aos veículos independentes. Dessa forma, tornando ativos para o desenvolvimento, através de recursos para expandir e obter fluxo sustentável de rendimentos mais tarde.

Proposta para os veículos autônomos da Ford

• A proposta da Ford é que os veículos autônomos cuidem de questões genuínas, com dimensões de abertura, conforto e, valor, que hoje são difíceis alcançar;

• A empresa acredita que uma administração de veículos independentes para alcançar sucesso, precisa ser baseada nos princípios de fornecimento, operação e demanda. Apesar de parecer evidente, o problema principal pode ser gerado nos detalhes negligenciados;

• Em primeiro lugar, é necessário que se tenha facilidade para acessar veículos e tecnologia autônoma;

• Nesse momento vem uma tarefa importante, que não tem muita consideração em contraste com a melhoria do controle autônomo da inovação. No entanto, é o que trará resultados para lidar com um negócio adequado;

• Também é importante distinguir os clientes que podem ser atendidos pelo serviço oferecido de veículo autônomo;

Veículos autônomos e resistentes

• Estudos vem sendo realizados na criação dos veículos autônomos da Ford para garantir que atendam as expectativas de clientes e de empresas;

• Isto quer dizer que os veículos devem ser resistentes a fim de atender demandas, com inovação na tecnologia híbrida proporcionando rendimento e segurança;

• A Ford explica que é preciso se reestruturar na fabricação dos veículos autônomos e, como é um serviço de viagens que envolve passageiros ou mercadorias, é preciso se adaptar para o futuro em vez de simplesmente ajustar o que já existe!

• Todo veículo autônomo precisa dirigir e pensar sozinho, e esta parte está sendo desenvolvida pela Argo AI, empresa especializada no desenvolvimento do cérebro, o qual integra áreas como software e hardware;

• O grupo de programação da Argo AI trabalha junto as equipes de chassi, motores e transmissões da Ford para aperfeiçoar controles e sensores, deixando-os mais robustos para aplicação nos veículos autônomos da Ford;

• A Argo está preocupada em criar veículos autônomos que possam circular normalmente, conforme o gosto dos clientes;

• Diariamente durante as viagens, os veículos autônomos podem traçar novas rotas rapidamente e fazer mudanças básicas importantes para proporcionar um passeio mais agradável para os passageiros;

Empresas envolvidas na fabricação dos veículos autônomos da Ford

• No momento em que os automóveis autônomos alcançarem de fato o mercado, será preciso manter o foco na boa administração para fluidez do serviço;

• A frota de veículos autônomos da Ford em teste em Miami, já é administrada pela empresa FCS, através do serviço utilizado na Chariot, compartilhamento de caronas, assim como também no GoRide, no transporte de idosos, deficientes para locais de cuidados terapêuticos;

• Já o sistema de rotas e reservas é desenvolvido pela Nuvem de Mobilidade de Transporte, criada por meio da Autonomic;

• Também vai coletar informações para melhorar a execução e, diminuir o tempo de inatividade dos veículos autônomos da Ford, além de gerenciar a manutenção dos carros na rede de concessionárias da Ford;

O conhecimento certamente ajudará na administração dos veículos autônomos da Ford, desde o suporte de rotina, compra de peças e atualizações de software.

O sucesso para o serviço dos veículos autônomos da Ford, depende da frota estar sempre em circulação, a fim de não ficar inativos por muito tempo. Pois, o serviço é calculado sobre quilômetros rodados e, não em venda de veículos.

A utilização da carona compartilhada, assim, como também, no transporte de mercadorias, está se desenvolvendo graças aos aplicativos. É justamente as áreas onde os veículos autônomos da Ford vão trabalhar. A ideia da Ford é trabalhar com empresas que já tenham um público-alvo específico.

O objetivo dos veículos autônomos da Ford, é proporcionar mais tempo a cada cliente, sem que se preocupem com trânsito ou estacionamentos. Basta acessar o aplicativo e ter um carro a disposição sem motorista!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Os veículos autônomos da Ford estão previstos para serem lançados em 2021, com diferencial que o serviço será oferecido somente para empresas. E como essa é uma novidade no mundo Ford, a empresa vem esclarecer quais são as bases para viabilizar o desenvolvimento desta tecnologia em larga escala!

De olho no futuro

• Veículos autônomos são apenas o atenuante para um novo tipo de negócio que está sendo desenvolvido. Nessa linha, a Ford está estruturando, testando e trabalhando no ecossistema de serviços, passo que será fundamental para os negócios em relação aos veículos independentes. Dessa forma, tornando ativos para o desenvolvimento, através de recursos para expandir e obter fluxo sustentável de rendimentos mais tarde.

Proposta para os veículos autônomos da Ford

• A proposta da Ford é que os veículos autônomos cuidem de questões genuínas, com dimensões de abertura, conforto e, valor, que hoje são difíceis alcançar;

• A empresa acredita que uma administração de veículos independentes para alcançar sucesso, precisa ser baseada nos princípios de fornecimento, operação e demanda. Apesar de parecer evidente, o problema principal pode ser gerado nos detalhes negligenciados;

• Em primeiro lugar, é necessário que se tenha facilidade para acessar veículos e tecnologia autônoma;

• Nesse momento vem uma tarefa importante, que não tem muita consideração em contraste com a melhoria do controle autônomo da inovação. No entanto, é o que trará resultados para lidar com um negócio adequado;

• Também é importante distinguir os clientes que podem ser atendidos pelo serviço oferecido de veículo autônomo;

Veículos autônomos e resistentes

• Estudos vem sendo realizados na criação dos veículos autônomos da Ford para garantir que atendam as expectativas de clientes e de empresas;

• Isto quer dizer que os veículos devem ser resistentes a fim de atender demandas, com inovação na tecnologia híbrida proporcionando rendimento e segurança;

• A Ford explica que é preciso se reestruturar na fabricação dos veículos autônomos e, como é um serviço de viagens que envolve passageiros ou mercadorias, é preciso se adaptar para o futuro em vez de simplesmente ajustar o que já existe!

• Todo veículo autônomo precisa dirigir e pensar sozinho, e esta parte está sendo desenvolvida pela Argo AI, empresa especializada no desenvolvimento do cérebro, o qual integra áreas como software e hardware;

• O grupo de programação da Argo AI trabalha junto as equipes de chassi, motores e transmissões da Ford para aperfeiçoar controles e sensores, deixando-os mais robustos para aplicação nos veículos autônomos da Ford;

• A Argo está preocupada em criar veículos autônomos que possam circular normalmente, conforme o gosto dos clientes;

• Diariamente durante as viagens, os veículos autônomos podem traçar novas rotas rapidamente e fazer mudanças básicas importantes para proporcionar um passeio mais agradável para os passageiros;

Empresas envolvidas na fabricação dos veículos autônomos da Ford

• No momento em que os automóveis autônomos alcançarem de fato o mercado, será preciso manter o foco na boa administração para fluidez do serviço;

• A frota de veículos autônomos da Ford em teste em Miami, já é administrada pela empresa FCS, através do serviço utilizado na Chariot, compartilhamento de caronas, assim como também no GoRide, no transporte de idosos, deficientes para locais de cuidados terapêuticos;

• Já o sistema de rotas e reservas é desenvolvido pela Nuvem de Mobilidade de Transporte, criada por meio da Autonomic;

• Também vai coletar informações para melhorar a execução e, diminuir o tempo de inatividade dos veículos autônomos da Ford, além de gerenciar a manutenção dos carros na rede de concessionárias da Ford;

O conhecimento certamente ajudará na administração dos veículos autônomos da Ford, desde o suporte de rotina, compra de peças e atualizações de software.

O sucesso para o serviço dos veículos autônomos da Ford, depende da frota estar sempre em circulação, a fim de não ficar inativos por muito tempo. Pois, o serviço é calculado sobre quilômetros rodados e, não em venda de veículos.

A utilização da carona compartilhada, assim, como também, no transporte de mercadorias, está se desenvolvendo graças aos aplicativos. É justamente as áreas onde os veículos autônomos da Ford vão trabalhar. A ideia da Ford é trabalhar com empresas que já tenham um público-alvo específico.

O objetivo dos veículos autônomos da Ford, é proporcionar mais tempo a cada cliente, sem que se preocupem com trânsito ou estacionamentos. Basta acessar o aplicativo e ter um carro a disposição sem motorista!

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Atenção! Importante a leitura da Nota de Esclarecimento presente ao final da página.

Share This